Mais resultados

Generic selectors
Apenas pesquisas exatas
Pesquisar por titulo
Poesquisar por conteúdo
Post Type Selectors

Siga Gamefera no:

Pesquisar
Close this search box.

Pesquisa aponta que CMA errou ao bloquear o acordo da Microsoft

A fusão Microsoft-Activision foi bloqueada pelo órgão regulador do Reino Unido, CMA; agora, várias pessoas acham que a decisão foi equivocada
CMA e Microsoft: activision Blizzard, aquisição do século - Brad Smith
Microsoft - Phil Spencer - CMA - FTC- União Européia

A CMA decidiu não aprovar a fusão Microsoft-Activision, no que foi mencionado como “o dia mais sombrio da Microsoft“, segundo o presidente da Microsoft, Brad Smith. Agora, pesquisa aponta que a CMA errou ao bloquear o acordo da Microsoft para adquirir a Activision.

Vários fãs do Xbox foram no twitter da CMA prestar suas indignações, comentando em qualquer tweet em que o órgão compartilhava em sua rede social.

Phil Spencer, chefe da divisão do Xbox e CEO do departamento de jogos da Microsoft, também reagiu aos comentários da CMA, sobre os motivos do bloqueio.

Agora, uma pesquisa aponta que a CMA errou ao bloquear o acordo, com mais de um quarto do público informando que achou a decisão equivocada.

CMA errou ao bloquear o acordo

Segundo uma pesquisa feita pela Censuswide, apenas 16% das pessoas que realizaram a pesquisa, acham que a decisão da CMA está correta. Mas um quarto do público acham que a decisão de bloquear a fusão Microsoft-Activision, pela CMA, foi incorreta.

CMA - Microsoft- Errou ao bloquear

Ainda, pouco mais de 27% por cento disseram que a decisão da CMA de bloquear a aquisição faria com que menos investimentos ocorressem no setor, no Reino Unido. Embora isso tenha sido algo comentado por Brad Smith, 12% discordaram dessa afirmação.

Segundo o chefe da Concorrência e Antitruste da DRD Partneship, Jon McLeod, “essas descobertas demonstram que as decisões podem estar em desacordo com as aspirações do público de acesso.”

Ainda, o McLeod informa que a quantidade de protestos sobre a decisão da CMA, no caso da Microsoft-Activision, “refletem uma queda na confiança no sistema regulatório do Reino Unido”, pelo qual alguns esperavam melhor após o Brexit.” 

McLeod ressalta que isso pode intensificar à baixa adesão de novos serviços e empresas, visto que o Reino Unido saiu da União Européia (Brexit).

Motivos que levaram a CMA bloquear o acordo

Há duas semanas, a CMA bloqueou o acordo por mostrar-se preocupada com o mercado de jogos em nuvem do Reino Unido. Isso porque, segundo o órgão regulador, a Microsoft está à frente nesse mercado, e com a Activision, a Microsoft poderia tornar injusto a concorrência.

A decisão da CMA foi uma surpresa para todos, visto que até a Financial Times acreditava que o acordo seria aprovado. Muito disso foi somado às ações da Microsoft em mostrar que estava comprometida em colocar os jogos da Activision no maior número de plataformas possíveis, assinando vários acordos para isso.

Mesmo com todos os esforços da Microsoft, não foi suficiente para que a CMA aprovasse o acordo da fusão. Mas segundo vários executivos, incluindo o presidente da Microsoft, Brad Smith, a Microsoft apelará à decisão.

Nesse mesmo sentido, executivos da Activision informaram que a decisão da CMA foi um “desserviço aos cidadãos do Reino Unido”. Para somar, até Warren Buffet compartilhou do sentimento de que a CMA errou ao bloquear o acordo.

Sobre o autor

Mais resultados

Generic selectors
Apenas pesquisas exatas
Pesquisar por titulo
Poesquisar por conteúdo
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Apenas pesquisas exatas
Pesquisar por titulo
Poesquisar por conteúdo
Post Type Selectors

Siga Gamefera no: