Mais resultados

Generic selectors
Apenas pesquisas exatas
Pesquisar por titulo
Poesquisar por conteúdo
Post Type Selectors

Siga Gamefera no:

Pesquisar
Close this search box.

Nintendo remove mais de 8.500 clones de emulador Switch Yuzu

A Nintendo removeu mais de 8.500 clones do emulador Switch Yuzu por meio de uma notificação DMCA, destacando a postura firme da empresa.

A Nintendo tomou medidas drásticas contra emuladores não autorizados de seu console Switch, resultando na remoção de mais de 8.500 clones do emulador Yuzu por meio de uma única notificação DMCA.

De acordo com o TorrentFreak, a Nintendo emitiu uma notificação DMCA para o GitHub, levando à remoção de 8.535 repositórios contendo variações do emulador Yuzu. DMCA (Digital Millennium Copyright Act) é uma lei dos EUA que protege obras de propriedade intelectual, incluindo jogos, músicas, filmes e softwares, permitindo que os detentores de direitos autorais peçam a remoção de conteúdo que viole seus direitos de plataformas digitais.

A decisão foi reforçada pela recente ação judicial da Nintendo contra o criador do emulador, Tropic Haze, em fevereiro. O caso foi resolvido com uma indenização de 2,4 milhões de dólares, além de uma injunção permanente que impede a empresa de oferecer ou promover o emulador ou qualquer um de seus códigos-fonte.

Yuzu veio ser substituído por Suyu
Yuzu veio ser substituído por Suyu.

Com a decisão judicial em vigor, a redistribuição de variações do emulador por outros usuários levou à remoção em massa no GitHub. Essa ação foi motivada pela afirmação da Nintendo de que o emulador permite a pirataria de jogos para Switch sem que desenvolvedores ou editores recebam nada por isso.

Em documentos judiciais, a Nintendo alegou que o jogo The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom foi pirateado mais de um milhão de vezes antes de seu lançamento oficial em maio de 2023, destacando o impacto negativo de emuladores como o Yuzu.

A remoção em massa de clones do Yuzu reflete a postura firme da Nintendo contra a pirataria e a proteção de sua propriedade intelectual. Ações legais como essas enfatizam a importância de apoiar desenvolvedores e editores de jogos ao combater a pirataria.

A indústria de jogos continuará enfrentando desafios nesse sentido, e as decisões recentes da Nintendo são um exemplo de medidas tomadas para proteger o setor.

Sobre o autor

Mais resultados

Generic selectors
Apenas pesquisas exatas
Pesquisar por titulo
Poesquisar por conteúdo
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Apenas pesquisas exatas
Pesquisar por titulo
Poesquisar por conteúdo
Post Type Selectors

Siga Gamefera no: