Mais resultados

Generic selectors
Apenas pesquisas exatas
Pesquisar por titulo
Poesquisar por conteúdo
Post Type Selectors

Siga Gamefera no:

Pesquisar
Close this search box.

Microsoft e Activision: UE pode aprovar a fusão

A Comissão da União Européia (UE), deve revelar a sua decisão favorável para fusão da Microsoft e Activision, na próxima semana, 15 de maio.
CMA e Microsoft: activision Blizzard, aquisição do século - Brad Smith
CMA e Microsoft: activision Blizzard, aquisição do século - Brad Smith
Microsoft e Activision: UE pode aprovar a fusão

A jornada para a fusão da Microsoft e Activision ainda está longe de acabar, dessa vez, a comissão União Européia (UE) pode revelar uma decisão favorável ao acordo.

Ao contrário da Autoridade de Comércio e Mercados (CMA), a UE deverá seguir com a aprovação da proposta da Microsoft para adquirir a Activision Blizzard.

Há duas semanas, a CMA revelou sua decisão de bloquear o acordo para a fusão da Microsoft e Activision.

Mas agora as coisas tendem a voltar aos trilhos, com a retomada de mais um órgão regulador sendo favorável ao acordo, segundo a Reuters.

Veja também:

Microsoft e Activision: CMA pode voltar atrás em sua decisão

UE deve aprovar fusão da Microsoft e Activision

Não é novidade que vários analistas de mercado estão com os olhos apontados para o maior negócio da indústria gamer nos últimos tempos.

Microsoft e Activision: UE pode aprovar a fusão

Em 2020, a Microsoft lançou uma proposta para adquirir a Activision Blizzard por US$ 67,8 bilhões e, até o momento, parece está levando muito mais tempo do que o esperado.

Segundo a Reuters, a aquisição deve proceder devido aos acordos de licença que a Microsoft realizou ao longo das últimas semanas. Os acordos possuem o propósito de levar os jogos da Microsoft para as empresas de Steaming em Nuvem rivais, tais como Nvidia, Ubitus, Boosteroid e mais.

Isso tudo somado as demais plataformas como a Nintendo, Steam, entre outras. Pois a Microsoft busca diminuir a preocupação dos órgãos reguladores de que a sua aquisição possa prejudicar o mercado.

Órgãos reguladores que aprovaram e quais ainda faltam aprovar

A Microsoft conta com a aprovação de sete órgãos reguladores em sete países, são eles: Sérgia, Brasil, Arábia Saudita, Chile, África do Sul, Ucrânia e Japão. A UE deve revelar a sua decisão até o dia 15 de maio, mas deu o prazo máximo até 22 de maio.

Vale lembrar que a Microsoft ainda busca contornar a decisão da CMA de bloquear o acordo, com o presidente Brad Smith informando que “apelará à decisão”.

CMA acredita que a Microsoft pode prejudicar a concorrência

Segundo a CMA, “a decisão final de impedir o acordo ocorre depois que a solução proposta pela Microsoft falhou em abordar efetivamente as preocupações no setor de jogos em nuvem”.

Isso pegou a todos de surpresa, pois dias antes, a Financial Times tinha compartilhado que o acordo seria aprovado. O motivo foi pela CMA ter se mostrado mais tranquila quanto a Microsoft, pelos esforços em assinar contratos para garantir que seus jogos não se tornassem exclusivos.

CMA e Microsoft: activision Blizzard, aquisição do século - Brad Smith
Microsoft e Activision: UE pode aprovar a fusão

Infelizmente, isso não aconteceu e a CMA, inclusive, busca restringir “uma futura tentativa de fusão, entre as partes, pelos próximos dez anos”, caso a Microsoft não atenda às demandas.

Ainda, mesmo que a Microsoft não consiga avançar com a fusão, ela deverá pagar uma idenização de US$ 3 bilhões para a Activision.

A Activision informou que a decisão de bloquear o acordo foi um “desserviço aos cidadãos do Reino Unido“. Em outro momento, a Activision também disse que “o Reino Unido está claramente fechado para negócios”.

O presidente da Microsoft, Brad Smith, chegou a afirmar que a decisão tomada pela CMA é “ruim para a Grã-Bretanha”.

Lulu Cheng Meservey, CCO (Chefe de Atendimento ao Cliente) da Activision, informou que a Microsoft e Activision estão trabalhando para “reverter isso no recurso“. Ainda, informou que a fusão fomentaria o crescimento da economia do Reino Unido.

Por fim, existem muitos pensamentos divididos sobre o posicionamento, com muitos sendo contra e muitos à favor. Várias empresas demonstraram favoráveis e outras, indiferentes à fusão.

Mas definitivamente a luta da Microsoft e Activision ainda estão longe de acabar, pois ainda faltam a decisão dos órgãos da Nova Zelândia, China, Coréia do Sul, Estados Unidos e a UE.

Sobre o autor

Mais resultados

Generic selectors
Apenas pesquisas exatas
Pesquisar por titulo
Poesquisar por conteúdo
Post Type Selectors

Mais resultados

Generic selectors
Apenas pesquisas exatas
Pesquisar por titulo
Poesquisar por conteúdo
Post Type Selectors

Siga Gamefera no: